Quando é realizado o pagamento de comissões sobre vendas? Descubra agora!

Quando O Pagamento De Comissão Sobre Vendas é Realizado Saiba Tudo Sobre O Assunto! Blog - Vilac Contabilidade

Entenda quando é realizado o pagamento de comissões sobre vendas

Tire todas as suas dúvidas sobre quando o pagamento de comissão sobre vendas é realizado

A comissão sobre vendas é uma das principais fontes de renda dos representantes comerciais.

Mas você sabe quando o pagamento de comissões sobre vendas é realizado? Conhece suas particularidades? 

No artigo de hoje, nós, da VILAC Contabilidade, vamos esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto. 

Acompanhe!

Quando o pagamento de comissão sobre vendas é realizado?

Conforme o inciso 1º, art. 32 da Lei 4.886/65, “o pagamento das comissões deverá ser efetuado até o dia 15 do mês subsequente ao da liquidação da fatura, acompanhada das respectivas cópias das notas fiscais”.

Em outras palavras, o pagamento de comissão sobre vendas deve ser realizado quando o dinheiro da transação entrar no caixa ou até o dia 15 do mês seguinte à liquidação.

Ainda conforme a referida lei, quando tratamos do pagamento das comissões sobre vendas dos representantes comerciais, deve-se considerar os pontos abaixo:

  • As comissões pagas fora do prazo previsto no parágrafo anterior deverão ser corrigidas monetariamente (§ 2º, art. 32);
  • É facultado ao representante comercial emitir títulos de créditos para cobrança de comissões (§ 3°, art. 32);
  • As comissões deverão ser calculadas pelo valor total das mercadorias (§ 4°, art. 32);
  • Em caso de rescisão injusta do contrato por parte do representando, a eventual retribuição pendente, gerada por pedidos em carteira ou em fase de execução e recebimento, terá vencimento na data da rescisão (§ 5°, art. 32).

Mas e se o pedido for realizado e o pagamento não for confirmado? A comissão ainda será paga? Veja a seguir!

Veja também:

O que acontece com a comissão sobre vendas se o pagamento não for confirmado?

Não há uma política definida sobre essa questão. Em geral, muitas empresas acabam pagando as comissões considerando os valores que receberam, o que faz sentido ao analisarmos a situação.

 Isso porque o representante comercial não é um funcionário da empresa, mas um parceiro de negócio. Por conta dessa relação de caráter não empregatício, os representantes acabam assumindo todos os riscos pertencentes às vendas, o que é o caso da inadimplência.

 Sendo assim, quando o pagamento da mercadoria ocorrer de forma parcelada, o representante recebe na liquidez das parcelas e, caso o cliente deixe de pagar essas parcelas, a empresa representada não possui obrigação de realizar o pagamento das comissões.

 Entretanto, ela precisa avisar ao representante, formalmente, a inadimplência. 

Isso significa que os representantes nunca recebem comissão sobre vendas nessas situações de inadimplência? Não exatamente!

Algumas empresas possuem a política de realizar o pagamento de comissão sobre vendas quando o pedido é lançado.

Dessa forma, elas acabam assumindo a responsabilidade em caso de cancelamento ou não pagamento, e o representante recebe sua comissão normalmente.

Para aprofundar seu conhecimento sobre o tema, sugerimos a leitura do artigo abaixo:

Tenha mais segurança em sua representação comercial com o suporte da VILAC!

Como você pôde observar na leitura do artigo de hoje, existem particularidades a respeito do pagamento de comissão sobre vendas que precisam ser entendidas para evitar infortúnios em seu negócio de representação comercial.

Dessa maneira, é fundamental contar com uma contabilidade especializada no seu setor de atuação a fim de que você tenha mais segurança em suas finanças e em seu negócio, seja em relação ao pagamento de comissões, ao cumprimento de prazos e de obrigações, bem como em relação às documentações.

Diante disso, não hesite em contar com uma contabilidade para representante comercial, conte com a VILAC Contabilidade!

No mercado desde 1989, temos a experiência e a expertise de que você precisa para o seu negócio.

Não perca mais tempo e entre nos envie uma mensagem agora mesmo!

CLIQUE AQUI PARA CONTAR COM A CONTABILIDADE IDEAL PARA REPRESENTANTES COMERCIAIS!

Representante comercial pode usar Simples Nacional? Descubra agora

Veja Agora Se Representante Comercial Pode Usar O Simples Nacional Blog - Vilac Contabilidade

Regime tributário para representante comercial: Posso usar o Simples Nacional?

Você, representante comercial, já sabe qual o regime tributário é o ideal para você e se pode usar o Simples Nacional para sua atividade? Neste artigo, mostraremos como é o sistema tributário para representação comercial 

Para trabalhar como representante comercial, você pode atuar como autônomo e como empresa, o que pode ser uma vantagem em termos de tributação. Vamos entender melhor?

A depender da receita bruta que o representante comercial adquire mensalmente, atuar como empresa pode ser vantajoso, pois as alíquotas de tributação podem ser menores que para um representante que atua como pessoa física.

Nesse cenário, podem surgir dúvidas, como, por exemplo, qual o regime ideal e se é possível, para representantes comerciais, a utilização do Simples Nacional.

Confira agora a possibilidade de utilização do Simples Nacional em seu caso.

Veja também mais assuntos voltados para empresas acessando materiais listados abaixo.

Entenda mais sobre o regime de tributação

O regime de tributação é necessário para toda empresa. Com ele, é possível fazer a apuração de tributos da empresa.

No Brasil, existem três possibilidades de regime tributário em que as empresas podem se enquadrar de acordo com suas atividades e faturamento. Eles são o Simples Nacional, o Lucro Real e o Lucro Presumido.

Como funciona o Simples Nacional?

O Simples Nacional é um regime tributário que funciona de forma simplificada. O pagamento dos impostos devidos pela empresa é calculado em uma única guia, desse modo é possível pagar todos os impostos de maneira mais facilitada.

Para se enquadrar no Simples Nacional, a empresa precisa ter faturamento anual de até 4,8 milhões de reais.

Representante comercial pode usar o Simples Nacional?

A resposta é sim, a atividade exercida por representantes comerciais pode sim ser enquadrada no Simples Nacional, veja abaixo como funciona esse regime para a representação comercial.

Simples Nacional, como funciona para representante comercial?

O representante que optar pela utilização do Simples Nacional pode seguir duas possibilidades. São elas:

  • Anexo III, e;
  • Anexo V.

No Anexo III, as alíquotas iniciais são de 6% sobre o faturamento médio mensal, que pode ser até R$ 15.000,00. Já com o Anexo V, as alíquotas iniciais são de 15%.

Porém, para optantes do Simples Nacional, é necessário analisar, também, a incidência do Fator R.

O Fator R é um termo utilizado para representar uma forma de cálculo disponível. Esse fator é utilizado para cálculo para o enquadramento no Anexo III do Simples Nacional.

Como saber qual o melhor regime tributário para representante comercial?

Como visto anteriormente, cada caso é único, e existe uma série de fatores a serem analisados na hora dessa escolha. 

A maneira de garantir uma decisão correta e sem erros é ter o auxílio de uma contabilidade especializada para orientá-lo.

Conheça a Vilac Contabilidade!

Somos uma empresa especializada em serviços contábeis para representantes comerciais.

Com o nosso apoio, ficará fácil exercer as escolhas para sua empresa de representação, visando a uma economia na tributação de forma legal e efetiva. 

Contate-nos agora e saiba qual o regime tributário ideal para você.

FAÇA A MELHOR ESCOLHA DO REGIME TRIBUTÁRIO PARA REPRESENTANTE COMERCIAL, CLIQUE AQUI AGORA!

Contabilidade para representante comercial: entenda por que você precisa dela!

Conheca A Contabilidade Para Representante Comercial E Entenda A Sua Importancia Blog - Vilac Contabilidade

Representante comercial: entenda por que você precisa de uma contabilidade pensada para você!

A contabilidade para representante comercial é uma forma de garantir que a sua empresa esteja com as obrigações fiscais em dia. Saiba mais em nosso artigo!

É importante contar com o apoio de profissionais especializados para auxiliar nas diversas tomadas de decisões no dia a dia.

Além de orientação técnica adequada em relação ao pagamento de tributos de acordo com as normas, cumprir com os prazos do Fisco, saber qual é o momento certo para investir no negócio, entre outros.

Ademais, você precisa ter um CNPJ para realizar a declaração do seu faturamento, e para proceder com todas as outras demandas contábeis específicas ao seu negócio.

Portanto, um profissional especializado está apto para ajudar você com a abertura da empresa, escolha do regime tributário adequado e com o cumprimento de todas as exigências legais.

Sendo assim, se você é empreendedor, esse artigo vai ajudá-lo a entender a contabilidade para representante comercial, fique conosco até o final.

Contabilidade para representante comercial: conheça sua importância!

Veja abaixo alguns motivos para a contratação de um contador para a sua empresa.

  • Escolha do regime tributário adequado à realidade do seu negócio;
  • Cumprimento das obrigações acessórias;
  • Controle do registro da contabilidade;
  • Envio de documentações diversas;
  • Controle de prazos;
  • Planejamento financeiro;
  • Contar com um especialista no seu nicho de atuação;
  • Recursos humanos;
  • Economia de tempo;
  • Entre outros.

Contabilidade para representante comercial: de que maneira ela contribui para as suas necessidades?

Em relação a todo o funcionamento burocrático, exige-se conhecimento legislativo e atualização constante, visto que a nossa legislação sofre alterações com frequência.

Sendo assim, a contabilidade para representante comercial é necessária para estar com todos os deveres em ordem, para não ter problemas fiscais, legais, entre outros.

Ou seja, para não correr o risco de receber multas ou, até mesmo, o fechamento da empresa por algum descumprimento ou falha no processo contábil.

Ademais, a definição do regime tributário adequado ao seu tipo de negócio, tamanho da empresa e faturamento contribui para que você não pague mais impostos além do necessário.

Além disso, permite realizar um planejamento financeiro para que consiga investir na sua empresa no lugar e momento certo, sem desperdiçar recursos.

Sendo assim, contar com os serviços contábeis auxilia nas tomadas de decisões que recaem no funcionamento do empreendimento e satisfação dos seus clientes.

Outrossim, trata-se de um especialista dentro do seu nicho de atuação, pois cada segmento possui suas particularidades, podendo ter uma grande diferença entre um ramo e outro.

Logo, não basta apenas compreender as leis, realizar todo o processo e cumprir com os prazos, mas também entender as ramificações do seu nicho.

Dessa maneira, um contador contribui para que a contabilidade esteja totalmente alinhada à sua empresa, seja oferecendo serviço ou produto.

Por fim, a contabilidade para representante comercial demanda tempo e dedicação diária, um profissional contábil desafoga você desse trabalho todo.

Conte com quem é referência em contabilidade para representante comercial, conte com a Vilac!

Dessa forma, observamos que uma empresa precisa de um serviço contábil que ajude a mantê-la e que contribua  para o seu crescimento.

A Vilac Contabilidade está há mais de 30 anos oferecendo serviços de consultoria contábil, fiscal, trabalhista, entre muitos outros.

Sendo assim, evite problemas com irregularidades e tenha mais segurança e tranquilidade com a nossa assessoria especializada.

Entre em contato conosco e conheça as nossas soluções para você!

Contratar uma contabilidade para meu empreendimento!

E-book gratuito

E-book gratuito