Representante comercial pode usar Simples Nacional? Descubra agora

Veja Agora Se Representante Comercial Pode Usar O Simples Nacional Blog - Vilac Contabilidade

Regime tributário para representante comercial: Posso usar o Simples Nacional?

Você, representante comercial, já sabe qual o regime tributário é o ideal para você e se pode usar o Simples Nacional para sua atividade? Neste artigo, mostraremos como é o sistema tributário para representação comercial 

Para trabalhar como representante comercial, você pode atuar como autônomo e como empresa, o que pode ser uma vantagem em termos de tributação. Vamos entender melhor?

A depender da receita bruta que o representante comercial adquire mensalmente, atuar como empresa pode ser vantajoso, pois as alíquotas de tributação podem ser menores que para um representante que atua como pessoa física.

Nesse cenário, podem surgir dúvidas, como, por exemplo, qual o regime ideal e se é possível, para representantes comerciais, a utilização do Simples Nacional.

Confira agora a possibilidade de utilização do Simples Nacional em seu caso.

Veja também mais assuntos voltados para empresas acessando materiais listados abaixo.

Entenda mais sobre o regime de tributação

O regime de tributação é necessário para toda empresa. Com ele, é possível fazer a apuração de tributos da empresa.

No Brasil, existem três possibilidades de regime tributário em que as empresas podem se enquadrar de acordo com suas atividades e faturamento. Eles são o Simples Nacional, o Lucro Real e o Lucro Presumido.

Como funciona o Simples Nacional?

O Simples Nacional é um regime tributário que funciona de forma simplificada. O pagamento dos impostos devidos pela empresa é calculado em uma única guia, desse modo é possível pagar todos os impostos de maneira mais facilitada.

Para se enquadrar no Simples Nacional, a empresa precisa ter faturamento anual de até 4,8 milhões de reais.

Representante comercial pode usar o Simples Nacional?

A resposta é sim, a atividade exercida por representantes comerciais pode sim ser enquadrada no Simples Nacional, veja abaixo como funciona esse regime para a representação comercial.

Simples Nacional, como funciona para representante comercial?

O representante que optar pela utilização do Simples Nacional pode seguir duas possibilidades. São elas:

  • Anexo III, e;
  • Anexo V.

No Anexo III, as alíquotas iniciais são de 6% sobre o faturamento médio mensal, que pode ser até R$ 15.000,00. Já com o Anexo V, as alíquotas iniciais são de 15%.

Porém, para optantes do Simples Nacional, é necessário analisar, também, a incidência do Fator R.

O Fator R é um termo utilizado para representar uma forma de cálculo disponível. Esse fator é utilizado para cálculo para o enquadramento no Anexo III do Simples Nacional.

Como saber qual o melhor regime tributário para representante comercial?

Como visto anteriormente, cada caso é único, e existe uma série de fatores a serem analisados na hora dessa escolha. 

A maneira de garantir uma decisão correta e sem erros é ter o auxílio de uma contabilidade especializada para orientá-lo.

Conheça a Vilac Contabilidade!

Somos uma empresa especializada em serviços contábeis para representantes comerciais.

Com o nosso apoio, ficará fácil exercer as escolhas para sua empresa de representação, visando a uma economia na tributação de forma legal e efetiva. 

Contate-nos agora e saiba qual o regime tributário ideal para você.

FAÇA A MELHOR ESCOLHA DO REGIME TRIBUTÁRIO PARA REPRESENTANTE COMERCIAL, CLIQUE AQUI AGORA!

Aprenda a realizar a recuperação tributária para bares e para restaurantes

Entenda Como Funciona A Recuperacao Tributaria Para Bares E Para Restaurantes Blog - Vilac Contabilidade

Confira o guia para recuperar créditos tributários para bares e para restaurantes

Todo empreendedor sabe que é necessário reduzir custos desnecessários e aumentar o dinheiro em caixa. Você sabia que é possível fazer isso através da recuperação de crédito tributário? Neste artigo, apresentamos a você o passo a passo!

No Brasil, onde se encontram uma elevada carga tributária e uma alta complexidade burocrática quanto ao recolhimento de impostos devidos, muitos empreendedores podem acabar pagando valores a mais ou em duplicidade. 

Mas não se preocupe, com a recuperação tributária, você pode reaver esses valores, garantindo um valor extra no seu caixa. Nós vamos mostrar a você como fazer isso!

Continue a leitura deste artigo e saiba como realizar a solicitação da restituição de tais valores. 

Como funciona a recuperação tributária?

A recuperação tributária consiste na restituição de créditos tributários pagos indevidamente ao governo, referentes a impostos, a taxas e a outras contribuições. 

Todas as empresas, sejam públicas ou privadas, independente do porte, têm direito a essa restituição.

Mas como ela funciona e como solicitá-la?

O primeiro passo é contar com o auxílio de um contador especializado. Ele realizará o levantamento dos tributos, analisando a situação detalhadamente, identificando quais impostos foram pagos a mais, o porquê desse pagamento excedente e como isso ocorreu. 

Assim, você terá transparência nas suas contas, identificando o que foi declarado na receita e o que era realmente devido. 

Para ilustrar melhor a situação, conheça os principais impostos pagos por bares e por restaurantes:

  • IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica);
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados);
  • PIS (Programa de Integração Social);
  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e de Serviços).

Após identificar que realmente houve o pagamento indevido desses impostos, deve-se reunir todas as documentações e todos os comprovantes para que a recuperação seja solicitada à Receita Federal.


Feita a solicitação, é necessário esperar a análise completa e detalhada da situação a fim de que a recuperação seja aprovada ou reprovada. O processo completo pode durar em torno de até 60 dias.

Caso a recuperação tributária seja aprovada, você pode resgatar todo o valor pago em excesso nos últimos 5 anos. Além disso, esses valores são corrigidos pela taxa Selic, o que evita perdas ao receber essa devolução.

Quais as vantagens da recuperação tributária para o seu bar ou para o seu restaurante?

A recuperação de valores tributários pode trazer muitos benefícios para o seu bar ou para o seu restaurante; os principais são:

  • Aumento do fluxo de caixa: com o resgate desses valores, você pode aumentar o dinheiro em caixa para enfrentar uma crise ou para investir no próprio negócio;
  • Identificar erros e evitar cometê-los futuramente;
  • Redução da carga tributária.

Conte com os serviços especializados e personalizados da Vilac para realizar a recuperação tributária devida  e para aumentar o lucro do seu bar e do seu restaurante

Agora, você já sabe como funciona a recuperação tributária e como realizar a sua solicitação para aproveitar os benefícios desse resgate. Assim, é possível investir no crescimento e no desenvolvimento do seu bar e do seu restaurante.

O auxílio de um profissional contábil é essencial nesse processo, bem como na elaboração de um planejamento tributário e financeiro adequado para o seu negócio. 

Sendo assim, não perca mais tempo e entre em contato conosco agora mesmo. Conheça e aproveite todas as vantagens de ser atendido pelos profissionais de excelência da Vilac!

CLIQUE AQUI E TENHA UMA GESTÃO TRIBUTÁRIA EFICIENTE EM SEU NEGÓCIO!

E-book gratuito

E-book gratuito